Estância do Passo Comprido

sanidade, nutrição e genética

historia.png

Nossa história começa no ano de 2007, ao arrendarmos esta área, a Estância do Passo Comprido, com 1.800ha, localizada em Santa Vitória do Palmar/RS, no extremo sul do Brasil. Quando do arrendamento, compramos toda a estrutura existente à época, onde havia um plantel de gado leiteiro da Raça Holandesa e, a partir dali, nos propusemos a iniciar um trabalho forte de seleção em cima do que tínhamos adquirido, um bom gado leiteiro e baseado em três pilares, que carregamos até os dias de hoje: sanidade, nutrição e genética. Melhoramos, passamos a frequentar exposições na nossa região, criamos um leilão junto com outros parceiros de atividade. Até que no outono de 2014 recebemos uma oferta surpreendente e quase irrecusável. Diante de todas as dificuldades que enfrentávamos na época para produzir e transportar nosso produto (leite), resolvemos vender todo nosso gado, sem nenhuma reserva, pois imaginávamos não sermos justos com o comprador, fazer alguma reserva de uma ou outra vaca, por mais que isso nos doesse, e lá se foi nosso plantel!

angus.png

Na primavera do mesmo ano, durante a Expofeira de Pelotas, depois de muita conversa e planos com nossa equipe de trabalho, resolvemos adquirir ventres Aberdeen Angus, puros controlados (PC), ofertados pelas mais importantes cabanhas de nossa região. A partir de então, mantendo os mesmos critérios de seleção que tínhamos no gado Holandês, guardados os propósitos, começamos nossa seleção de gado Angus.

 

Desde a nossa primeira geração, nascida na primavera de 2015, avaliamos nossos animais pelo PROMEBO, fazendo uma criteriosa seleção baseada em seus relatórios.

Dentre os principais pilares da seleção, estão as características de carcaça, por entendermos que se trata da “ponta final” de nossa cadeia de produção: a carne. Realizamos, periodicamente, avaliação por ultrassom dos nossos animais, procurando indivíduos que sejam superiores, também nestas características.

 

Buscamos produzir animais equilibrados e que, além das características inerentes à Raça Aberdeen Angus, agreguem qualidade de carcaça e conversão alimentar, ofertando um produto com uma base consistente de dados e informações, aliado a um indivíduo com boas características morfológicas.

Da mesma forma que buscamos nas mais diversas fontes mundiais de genética, animais que agreguem qualidade ao nosso rebanho, também queremos que nossos produtos sejam melhoradores e portadores de uma genética aditiva para nossos clientes.

 

Facilidade de parto, peso ao desmame, capacidade de ganho de peso pós desmame, rendimento e acabamento de carcaça são alguns dos pontos que norteiam nossa seleção, que necessariamente precisam estar inseridas em um indivíduo funcional, que preencha os pré-requisitos necessários para um touro trabalhar a campo, que é a nossa realidade regional.

 

Nossa primeira geração de touros em 2017 foi comercializada de forma direta, com vendas na propriedade, mas em 2018 iniciamos uma parceria com a Estância Três Marias, criando o leilão RESERVA ANGUS, que em 2020, irá para sua terceira edição, que acontece na segunda quinzena de outubro, dentro da programação da Expofeira de Santa Vitória do Palmar.

Entre em contato com a Passo Comprido